Mãos de fada

É possível sim ter mãos bem cuidadas
Não que eu saiba, mas fadas não colocam a "mão na massa" e nem lavam a louça: dois dos maiores motivos de mãos ressecadas e envelhecidas. Essa velha e conhecida expressão popular nos remete à ideia de uma pele macia, bela e bem cuidada. 

Mas como fazer para conseguir? Eu, assim como muitas de vocês leitoras, mecho com produtos de limpeza que são abrasivos e por isso ressecam as cutículas e a pele delicada da mão. A solução para isso é hi-dra-ta-ção. E uma leve exfoliação também ajuda muito, sabe?!

Postei aqui algumas imagens (reais, nada de photoshop com efeito publicidade) dos meus cuidados e tratamentos. Há anos não frequento manicure. Cansei do trânsito, da falta de vaga, da espera no salão e também de pagar por um serviço que nem sempre me deixa satisfeita. Então, comprei meu próprio material e dei início a uma jornada de vários "bifes" e borrões. Mas com a prática, eles foram ficando cada vez mais raros.

Creme anti-aging para as mãos
De vez em quando faço uso de um exfoliante corporal: aplico na palma da mão fazendo uma pequena massagem. Depois claro, aplico bastante hidratante. A diferença entre os cremes tradicionais corporais e os específicos para a região das mãos é que a absorção é mais rápida, por isso a gente não fica incomodada e nem com a pele grudenta. Acho uma delícia ficar com as mãos cheirosas e macias... ;)

Para sair de casa durante o dia aplico um creme anti-aging (Hidrafil/ Stiefel - foto ao lado) com protetor solar fator 20. Adoro esse em especial porque em sua composição tem o ácido retinóico. Com isso, qualquer machucado ou cutícula dolorida logo, logo sara. Além dele, tenho os hidratantes de mãos da marca francesa L'Occitane em duas fragâncias: um que fica na cabeceira da cama e o outro dentro da bolsa. Deixando fácil ao alcance não tem desculpa para preguiça... Já usei muitos outros produtos também, como o óleo Risqué Technology Reparador Noturno, o Creme de Castanha da Natura e o Creme para Cutículas da dermatologista celebridade Lygia Kogos entre outros. Todos igualmente bons.

Cremes de cuidados para as mãos
No caso de muito tempo de exposição ao sol, aplico o mesmo protetor do rosto, com fator 70. Mas é claro que a oleosidade não é a mesma. Por isso, tiro o excesso da palma da mão com uma toalha.

Logo abaixo publico alguns dos esmaltes que escolhi para usar no dia-a-dia. Vocês perceberão facilmente a preferência da marca Colorama à Risqué. É verdade. Fiz vários testes compartivos ao longo do tempo e percebi que os esmaltes da Colorama duram mais tempo. Além desses, tenho Dior e Chanel que compro em minhas viagens ao exterior, quando os preços estão mais acessíveis. 


Legendas de cima para baixo: 
- Tons claro para os dias de unhas mais curtinhas. Aqui fiz um mix de Ballet Clássico com o cintilante (bem discreto) Diamante. 
- Ao centro os tons rosados. Nota: A foto que abre essa postagem é uma mistura de duas camadas de Segunda Pele com uma de Diamante. Esse esmalte é o meu curinga. Quando a aplicação não fica muito boa, eu uso-o para cobrir e disfarçar as imperfeições. Nunca falta na minha necessarie.
- E por último: Para os dias em que tiro a cutícula com perfeição apresento duas opções de vermelhos:
1) cor Tobago (da marca suiça Mavala - que é um vermelho intenso -, mas cintilante), misturado com Rebu para deixar o cintilante menos evidente. Mas é possível conseguir esse mesmo efeito com Maçã do Amor (Risqué) + Rebu. Eu deixei de usar Maçã do Amor porque a unha ficava muito manchada. Nunca podia usar uma cor clara logo em seguida, porque senão alterava a cor.
2) E a outra combinação super conhecida de quem curte uma mão com unhas vermelhas é o Escarlate com uma camada de Rebu.



Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails