Mãos de fada

É possível sim ter mãos bem cuidadas
Não que eu saiba, mas fadas não colocam a "mão na massa" e nem lavam a louça: dois dos maiores motivos de mãos ressecadas e envelhecidas. Essa velha e conhecida expressão popular nos remete à ideia de uma pele macia, bela e bem cuidada. 

Mas como fazer para conseguir? Eu, assim como muitas de vocês leitoras, mecho com produtos de limpeza que são abrasivos e por isso ressecam as cutículas e a pele delicada da mão. A solução para isso é hi-dra-ta-ção. E uma leve exfoliação também ajuda muito, sabe?!

Postei aqui algumas imagens (reais, nada de photoshop com efeito publicidade) dos meus cuidados e tratamentos. Há anos não frequento manicure. Cansei do trânsito, da falta de vaga, da espera no salão e também de pagar por um serviço que nem sempre me deixa satisfeita. Então, comprei meu próprio material e dei início a uma jornada de vários "bifes" e borrões. Mas com a prática, eles foram ficando cada vez mais raros.

Creme anti-aging para as mãos
De vez em quando faço uso de um exfoliante corporal: aplico na palma da mão fazendo uma pequena massagem. Depois claro, aplico bastante hidratante. A diferença entre os cremes tradicionais corporais e os específicos para a região das mãos é que a absorção é mais rápida, por isso a gente não fica incomodada e nem com a pele grudenta. Acho uma delícia ficar com as mãos cheirosas e macias... ;)

Para sair de casa durante o dia aplico um creme anti-aging (Hidrafil/ Stiefel - foto ao lado) com protetor solar fator 20. Adoro esse em especial porque em sua composição tem o ácido retinóico. Com isso, qualquer machucado ou cutícula dolorida logo, logo sara. Além dele, tenho os hidratantes de mãos da marca francesa L'Occitane em duas fragâncias: um que fica na cabeceira da cama e o outro dentro da bolsa. Deixando fácil ao alcance não tem desculpa para preguiça... Já usei muitos outros produtos também, como o óleo Risqué Technology Reparador Noturno, o Creme de Castanha da Natura e o Creme para Cutículas da dermatologista celebridade Lygia Kogos entre outros. Todos igualmente bons.

Cremes de cuidados para as mãos
No caso de muito tempo de exposição ao sol, aplico o mesmo protetor do rosto, com fator 70. Mas é claro que a oleosidade não é a mesma. Por isso, tiro o excesso da palma da mão com uma toalha.

Logo abaixo publico alguns dos esmaltes que escolhi para usar no dia-a-dia. Vocês perceberão facilmente a preferência da marca Colorama à Risqué. É verdade. Fiz vários testes compartivos ao longo do tempo e percebi que os esmaltes da Colorama duram mais tempo. Além desses, tenho Dior e Chanel que compro em minhas viagens ao exterior, quando os preços estão mais acessíveis. 


Legendas de cima para baixo: 
- Tons claro para os dias de unhas mais curtinhas. Aqui fiz um mix de Ballet Clássico com o cintilante (bem discreto) Diamante. 
- Ao centro os tons rosados. Nota: A foto que abre essa postagem é uma mistura de duas camadas de Segunda Pele com uma de Diamante. Esse esmalte é o meu curinga. Quando a aplicação não fica muito boa, eu uso-o para cobrir e disfarçar as imperfeições. Nunca falta na minha necessarie.
- E por último: Para os dias em que tiro a cutícula com perfeição apresento duas opções de vermelhos:
1) cor Tobago (da marca suiça Mavala - que é um vermelho intenso -, mas cintilante), misturado com Rebu para deixar o cintilante menos evidente. Mas é possível conseguir esse mesmo efeito com Maçã do Amor (Risqué) + Rebu. Eu deixei de usar Maçã do Amor porque a unha ficava muito manchada. Nunca podia usar uma cor clara logo em seguida, porque senão alterava a cor.
2) E a outra combinação super conhecida de quem curte uma mão com unhas vermelhas é o Escarlate com uma camada de Rebu.



Já tem a nova Revista Chef por ai

Uma caixinha de chá vintage - item de colecionador -
nos rendeu uma das mais belas imagens dessa edição
A segunda edição do periódico de gastronomia Revista Chef deu ainda mais gosto de produzir. Com tema de capa "Ano de Portugal no Brasil" a equipe de jornalismo pesquisou receitas da época da corte. E o resultado apresentou pratos super apetitosos.

Dentre as produções fotográficas realizadas e preferidas da Campanha Consultoria, elejo em primeiríssimo lugar a matéria "Casas de Chá - Tradição revisitada". Pessoalmente sou grande adimiradora de chás, de todos os tipos, sabores e origens. Nem um chá de boldo dispenso. E por conta disso meu envolvimento foi especial.

Por isso, a inspiração foi grande para produzir as imagens que mostro a seguir. Além disso, foi uma honra ouvir as histórias e experiências da entrevistada, a senhora Katia Kouzak, que desde pequena adquiriu o hábito da bebida e sua paixão é tamanha que criou um projeto beneficente regado à muito Breakfast English Tea...

Abertura da matéria "Casas de Chá - Tradição revisitada".
Adoro, adoro. Totally a minha cara...

Em segundo lugar vem a produção para a matéria "O Chef Nu - O patisserie radical". A ideia foi mostrar as habilidades profissionais e o hobby - também profissional - pelo skate. 

Não poderia deixar de comentar aqui no blog a semelhança física entre o Lucas Heitor e o personagem Linguini da animação infantil "Ratatoulli". Essa semelhança que inspirou as fotos de perfil e também do tênis do Chef. Adorei o resultado dessa matéria.


E por último cito "No comando - Menina de bronze", páginas 60-63, que trata sobre o poder e excelência feminina à frente de uma equipe de 11 homens na cozinha de um dos melhores restaurantes de Brasília. Aproveitando a beleza natural da Chef Alayde, foi fácil trazer um arzinho bem feminino, bem de editorial de moda para as fotos.


Outras duas páginas que destaco em minhas produções: "Vinhos - Sem preconceito".
Abaixo. Simplesmente adoro a mancha da garrafa na mesa de madeira. Cada uma tem sua história...

Ficou com gostinho de quero mais? Procure a Revista Chef nas bancas de revistas selecionadas ou nas redes do hortifruti Oba aqui em Brasília. Conheça a lista dos pontos de vendas no site da Revista Chef.

Derivações: revival


A princesa Kate Midleton, 2012
Com os anos 60 bem presentes em nossa moda outono-inverno 2012, mais um item de décadas passada tem aparecido no vestuário feminino. Seu nome é peplum. Trata-se de uma pequena saia, na altura da cintura, que pode vir junto a camisas, blazeres e saias. Ele pode ser reto ou então mais curto na frente e um pouco mais alongado atrás.

O peplum aparece ao longo da história da moda desde o final o século 18, e a cada vez que ele surge sua modelagem vem diferente: curto, com pregas ou godê/volumoso. 

Certamente é um item bem feminino e muito eficaz quando o objetivo é realçar a cintura e disfarçar a barriguinha. Dependendo do modelo da roupa disfarça também o quadril.

O peplum pode ser usado tanto para trajes sofisticados - na moda festa - quanto no uso do dia-a-dia com um visual bem casual. Sim, isso porque ele pode ser aplicada também em blusas mixadas com um bom jeans.

Ao final das imagens assista a um video com a editora do Jornal birtânico Guardian que fala sobre a tendência e apresenta várias peças e como podem ser usadas.

A aplicação do peplum ao longo das décadas
Capa da Revista Vogue, 1948

Composição de blusa peplum com jeans do site Polyvore, 2012
A estilista britânica Stella McCarteney apresentou na passarela
um conjunto com peplum lindíssimo em sua coleção 2012


Imagem de detalhe do trech-coat com aplicação do peplum, Burberry 2012








Brilho na gestação

Alessandra Ambrosio para Vivara, 2012
Dando continuidade às postagens para o Dia das Maes, a modelo brasileira Alessandra Ambrosio, grávida de 8 meses de seu segundo filho, posa para a nova campanha da marca de joias Vivara, coleção 2012.

Essa foto é uma das imagens da série - que também conta com a participação de várias atrizes brasileiras. Os fotos foram realizadas no Copacabana Palace Hotel, sob o comando do diretor criativo Giovanni Bianco. A campanha será veiculada esse ano e já  pode ser vistas em revistas e nos ambientes de loja. 

Abaixo, assista ao video com o making of de produção.

Bela gestação

Produção de moda para gestantes
A fase da gestação é um momento especial e por isso merece ser tratada assim, com pompas e paetê. E uma boa maneira de fazer isso é por meio da produção de moda para registrar esse momento único.

Muitas reclamam disso e daquilo, mas para mim as grávidas, felizes com sua gestação, exalam uma beleza espontânea e natural. E isso é facilmente visível e captado nas fotos.

Além do trabalho de produção de moda a Campanha Consultoria também atende mulheres que desejam adequar o guarda-roupa a essa fase de mudança do corpo, com o atendimento de Personal Stylist.

Por isso, compartilho com vocês três belos clicks de uma série fotográfica da mamãe Patrícia à espera do seu bebê Felipe. Felicidades à nova família!

As produções são pensadas desde as básicas às mais elaboradas.
Os estilos de fotografia transitam do clássico preto/branco ao tratamento de imagem vintage. 

O que vestir quando se está esperando

Produção de moda gestante
para a revista modosdeusar de 2008
Fazendo uma analogia ao mais conhecido dos livros sobre gravidez "O que esperar quando se está esperando", título do editorial de moda produzido para a revista modosdeusar na primavera de 2008, abro esse post com um look pensado para as futuras mamães.

Parenteses: Esse editorial foi bastante especial. A modelo Aline Miessa foi minha assistente de produção por várias edições dessa revista e também de outros eventos de moda realizados para os clientes da Campanha Consultoria. E quando ela engravidou, simplesmente ficou ainda mais linda. Não resisti e a colocamos para ilustrar o editorial. Fim do parênteses.

Sabendo que com as mudanças no corpo as mulheres ficam na dúvida do que vestir, preparei esse post para homenageá-las - devido  à proximidade do Dia das Mães, e claro, para ajudá-las na hora de se vestir.

Sempre digo para minhas amigas e clientes "se você não ganhar muito peso, use suas roupas até quando der. O bonito é mostrar as novas curvas da gestação. Depois insira um jeans com elástico para aliviar o desconforto dos botões e zíperes que incomodam e até machucam a barriga, principalmente se ficar muito tempo sentada". 

Eis uma seleção das minhas dicas. Provavelmente vocês notarão que elas diferem um pouco dos demais blogs e consultores de moda. Por isso mesmo, acho que vale a pena se lido:
- Coletes ficam especialmente bonitos nas grávidas, porque "emolduram" a barriga;
- Quanto mais tecido, maior o volume e consequentemente maior a sensação de inchaço;
- Não compre roupas com a numeração maior só para lhe caber. O caimento não é a mesma coisa. Certamente a roupa vai lhe caber em um lugar do corpo e outro não. Na gestação, a modelagem é outra;
- Prefira peças com caimento "mais pesado" e fluidez;
- Os decotes ajudam a "alongar" a silhoueta;
- Cores claras iluminam e trazem um visual de bem estar;
- A cores escuras como o preto, cinza chumbo, azul marinho e verde musgo ajudam a disfarçar os inchaços dos primeiros meses. Inchaços que não caracterizam ainda a sua gravidez;
- O macação é um ótima opção: prático, confortável e com look de uma mamãe bem moderna;
- As saias longas também funcionam super bem. Com regatas, realçam com orgulham o barrigão;
- As bermudas e os shorts com barra italiana são ótimos para verão;
- As blusas de transparência são uma opção muito charmosa. Use com regatinhas de alça fina por baixo de um camisão ou bata;
- Deixe as batas, kaftans e vestidos para o final da gestação, quando o conforto é prioridade. Assim você não fica com o visual monótono nesses 9 meses;
- Entre os vestidos, o modelo de corte império (com o --- logo abaixo do busto) talvez seja uma das opções mais bacanas;
- Nos últimos 3 meses, dependendo do seu caso, priorize o seu conforto. Leggings com vestidinhos e batas são uma ótima opção. Se você fez cara feia para as leggings saiba que no mercado tem muitas opções legais sem a aquela cara de academia. Tudo depende do tecido e do corte. E a jegging (legging jeans) já é um ótimo começo.
Look com regata, colete e shorts.
Produção para a Revista modosdeusar
Macacão da coleção outono-inverno 2012, Megadose
Looks saia longa e shorts, ambos da
coleção outono-inverno 2012, Megadose

A solialite americana Nicole Richie veste kaftan com legging preta
da coleção de sua marca moda gestante A Pea in the Pod
A modelo Heide Klum veste bata transparente + legging preta
da coleção de sua marca moda gestante Lavish

A atriz americana Jessica Alba grávida de sua segunda gestação
na capa da revista Latina, Agosto de 2011


Vejam a delicadeza e beleza desse vestido

Aqui Jessica Alba apresenta sua bebê com 7 semanas, Março de 2012

60's: A volta do parzinho

Vestido inspirado nos anos 60
da coleção outono 2012, Azzaro
O século passado certamente foi o mais criativo da história. Anos 20 50, 60 e 70 estão sempre retornando, trazendo tendências à tona que nossas mães e avós usaram. Claro que elas usavam de outra forma. De acordo com as tendências e modelagens daquela época. 

Enfatizo isso porque muitos se confundem com essa questão da volta de uma tendência. É fato que a moda é cíclica mas sempre que ela retorna, a modelagem e os tecidos mudam de acordo com o contexto atual e as demais tendências do momento - inclusive de acessórios - que irão influenciar em um visual totalmente diferente. Então, nem sempre podemos dizer que é possível reaproveitar peças antigas de uma mesma tendência. Isso porque a edição final do seu visual pode ficar datada àquela época e não ao nosso estilo atual.

Abertura do editorial "Taí o Tailleur" da Revista Elle de 1992. Repare na meia-calça, no sapato e no comprimento das saias e blazeres
Dois foram os fatores que contribuiram para que essa moda pegasse fácil. Foram as séries televisivas americanas Mad Man (que já veicula seu episódio 505) e Pam Am (lançada em setembro de 2011), que se passam na década de 60. Veja abaixo um video com a designer responsável pelo figurino de Pam Am. Um luxo só!

allowscriptaccess="always" allownetworking="all" allowfullscreen="true" src="http://cdn.abclocal.go.com/static/flash/embeddedPlayer/swf/otvEmLoader.swf?version=&station=kabc&section=&mediaId=8430614&cdnRoot=http://cdn.abclocal.go.com&webRoot=http://abclocal.go.com&configPath=/util/&site=">

Vamos lá, depois de um pouquinho de teoria vamos às imagens de inspiração e dessa tendência dos anos 60 e também do uso de conjuntinhos que pode ser bem bacana.

ANOS 60

A atriz Fernanda Freitas veste Diane von Furstenberg 
em editorial da Revista Estilo, 2012




A atriz Flávia Alessandra em editorial para a Revista Estilo, 2012

Peças da estilista Andrea Marques para editorial da Revista Estilo, 2012

CONJUNTINHOS

Conjuntinho Farm, 2012
Coleção de inverno da Fility, 2012
Blazer e saia de tweed Letage, 2012 
As joias também pegaram carona. Depois que a atriz Sarah Jessica Parker
apareceu em Cannes com o conjunto, a tendência se estendeu aos acessórios
Related Posts with Thumbnails